A pandemia alterou completamente a atividade empresarial, se anteriormente e os gestores de alto desempenho estavam focados em crescimento das empresas, promover inovação e obter participação  no mercado. Hoje encontramos uma alteração, os mesmos líderes mudaram o seu foco para tomada de decisão rápida, controle de custos e a manutenção.

Observamos então uma grande transformação quer nos aspetos físicos das empresas, quer nos aspetos emocionais, verificamos que essa transformação não é fácil, ela mexe com uma estrutura e leva os líderes, isso os desafia a desenvolverem uma ginica ou força para liderar isso ganha-se com treinamento realizado quer pelos líderes internos, quer por outros. Para gerir pessoas é necessário pelo menos ter 4 comportamentos sugeridos pelos pesquisadores da Harvard Business Review: Eles (1) devem decidir com velocidade sobre precisão, (2) adaptar-se com ousadia, (3) entregar com confiança e (4) envolver-se para obter impacto.

Diante disso os gestores de pessoas precisam de estar preparados para lidar com os desafios da sua área, alistamos pelo menos 5 desafios encontrados como termos chaves de muitas abordagens na área de recursos humanos atualmente.

Desafios tecnológicos

Desde a revolução industrial que a humanidade nunca deixou de investir e ter desafios tecnológicos, se por um lado la no início os desafios eram ligados apenas as indústrias hoje estes desafios estão a transcender espaços formais da atividade laboral.

A presente fase traz desafios tecnológicos adaptar aquilo que era voltado para um único centro para vários pontos e uma supervisão local, os gestores, precisão e estão a adaptar-se a esta fase, colocar a tecnologia ao serviço da organização de formas que ela ajude a manter o ritmo de trabalho e de produção.

O grande desafio da tecnologia não é a substituição do trabalho humano mais o de facilitar a todos os processos, dai o sentido que o Escritório doméstico faz com vários computadores ligados em vários locais mais com um único domínio.

Desafios emocionais

Os homens por natureza eles gostam de planificar, a sensação que se tem de que não existem cura para a COVID-19, esta deixando as pessoas todas com o “cabelo em pé”, gerir as suas próprias emoções e daqueles que lideramos hoje é o maior desafio, as empresas estão paradas e não há produção e não havendo produção temos os dias contados

Essas incertezas levam as pessoas a viverem numa constante pressão emocional os “ses” estão a levar as pessoas a um desequilíbrio emocional, logo dentro deste desafio os gestores de pessoas, precisão efetivamente fazer gestão das emoções dos colaboradores prestando um apoio em informações sobre a situação laborar e apoia-los com algumas técnicas de como elas podem vencer a fase do isolamento social.

A BUMBARiCOM existe para intermediar no mercado de trabalho a relação entre empresas e candidatos ao emprego, colocamos a disposição de ambos uma ferramenta eletrônica, que lhes possibilite procurar e divulgar vagas de empregos, estágios e trabalho temporário.

Adsense

Contacte-nos

BUMBARiCOM.
Condómino Jardins do Éden, Rua das Begônias Casa N.º 161 | Luanda – Angola
+244 941 382 558
geral@bumbaricom.co.ao